ENTREVISTA: IRINA ALVEZ

10 Fevereiro, 2017 . Por: Ontime

“Pretendemos criar um novo segmento de Jornalismo de Moda”

Certa altura, enquanto estudante do curso de Comunicação social, o meu professor de Técnicas de Jornalismo, na altura perguntou-nos: “O que é jornalismo de especialidade?”

Olhamo-nos uns aos outros com ar de admiração, pois a noção que tínhamos é que Jornalismo era apenas Jornalismo e só isso. A nossa reação era normal porque a maioria de nós ainda não havia “navegado” nessas águas. Mas quando o professor explicou-nos sobre as nuances do Jornalismo acabamos por perceber.

Mas também, ajudou abrir a nossa mente e, decifrar a máxima de que, jornalista tem de escrever tudo. É verdade. Tem de estar preparado para trabalhar em qualquer editoria (economia, cultural, sociedade, política, Lifestyle, Desporto, moda e outras). Por cá, são muitos os nomes e referências no jornalismo, isso porque “especializaram-se”. E nós, enquanto outsourcing ou fonte de informação para os meios de comunicação, também precisamos perceber quem faz o quê.

Toda essa introdução é para falar de uma mulher comprometida com a sua profissão, uma profissional no verdadeiro sentido da palavra. Chama-se Irina Alves e é a nova Directora da Revista Chocolate. Antes de assumir este cargo,  Irina foi Coordenadora Editorial e Editora de Beleza da referida revista, há cinco anos para ser precisa. Ela entende da matéria…

 

  • On Time: Quem é a Irina Alves?

Uma mulher decidida, obstinada, determinada e lutadora, que move-se por paixão e verdade. Sempre que se compromete com algo, vai até ao fim, independentemente, dos obstáculos, que poderá encontrar. Adora ajudar, viajar, contemplar e aprender, partilhando os momentos simples da Vida, sempre, com os seus.

 

  •  On Time: Como e quando entra para a Revista Chocolate?

Entrei há cinco anos para a marca, a convite da ex-directora, Sofia Costa. E quando comecei o meu “caminho” na Chocolate, vesti logo a “camisola”, como se o projecto fosse meu.

 

  • On Time:  O que a palavra moda lhe diz?

“A moda não é algo presente apenas nas roupas. A moda está no céu, nas ruas, a moda está relacionada com ideias, a forma como vivemos, o que está a acontecer no momento.” Coco Chanel. E isso é o que a moda me diz, ou seja, subscrevo-a.

 

  •  On Time: O gosto pela moda e pelo jornalismo surgem ao mesmo tempo?

Não! A paixão pela Moda surgiu há já quase 20 anos, num sonho de ser manequim, que se concretizou, durante uma fase, em Portugal. A vertente do jornalismo, segui por instinto natural, porque acreditava que podia mudar o mundo, sendo jornalista.

 

  • On Time: É especializada em Jornalismo de Moda Internacional. Quando é que sentiu a necessidade de fazer esta especialização?

Conforme referi acima, sou muito perfeccionista e obstinada, em tudo o que faço. Depois de 2 anos, na Chocolate, senti a necessidade de melhorar os meus skills e rumei para Londres, para fazer uma formação intensiva em Jornalismo de Moda, na escola London College of Fashion. Em 2016, o ano passado, apostei noutra formação, em Paris, no Institut Français de la Mode, com o curso Fashion and Luxury Management: a French Know-How (Gestão de Moda e Luxo).

Irina Alves em Paris

 

  • On Time: Qual a vantagem do jornalista se especializar em determinada área da profissão?

Para darmos o melhor de nós a qualquer projecto, marca ou desafio, é fundamental, para mim, almejarmos ser os melhores. Para tal, nada como a especialização em determinada área, para superarmos os nossos objectivos e correspondermos às expectativas, de quem confia em nós.

  •  On Time: Como é ser directora da revista Chocolate?

Um desafio diário. Sendo imperativo, não só olhar para o produto Revista, mas pensar na marca, como imagem Global.

 

  •  On Time: Sente-se uma mulher realizada profissionalmente?

Posso afirmar que Sim! No entanto, estou sempre a desafiar-me, para alcançar novos desafios e metas.

 

  • On Time: Como estamos em termos imprensa especializada em moda?

A iniciar um caminho longo, mas que já vai dando frutos. Vontade existe! Agora, é necessário trabalhar arduamente. Pretendemos criar um novo segmento de Jornalismo de Moda, em Angola, que não existe. Formar “novos” quadros de jovens jornalistas que sempre “respiraram Moda”, para passarmos a ter mais profissionais capazes. A nível de imprensa especializada, a revista Chocolate não tem concorrentes directos. No entanto, a revista Super Fashion é a que se mais equipara, neste segmento, estando a traçar o seu rumo e caminho, distinto do da Chocolate. Mas que é de louvar.

  •  On Time: Conhece a On Time? Recomendaria os serviços da On Time a alguém?

Conheço muito bem! Recomendo totalmente, e são parceiros da Revista Chocolate. De referir, que a fundadora, já foi minha colega a nível profissional, por isso, os motivos são mais do que muitos, para a recomendação.

 

@Celaide Faustino.